WeCreativez WhatsApp Support
Fale com nosso atendimento via WhatsApp
Opa, como posso ajudar? 😉
21 C
Limeira
16/07/2024

PF prende três suspeitos pelo assalto no Aeroporto de Caxias do Sul

- Publicidade -spot_imgspot_img
-Publicidade -spot_imgspot_img


A Polícia Federal (PF) encaminhou à Penitenciária Estadual de Canoas (RS), na região metropolitana de Porto Alegre, neste sábado (22), três suspeitos de participação no assalto a um carro-forte, dentro do Aeroporto Hugo Cantergiani, em Caxias do Sul (RS), na noite da última quarta-feira (19). Os três foragidos foram presos na sexta-feira (21) em São Paulo e no Paraná e chegaram ao Rio Grande do Sul no fim da tarde de sábado. De acordo com a PF, os detidos estão à disposição da Justiça.

As prisões preventivas foram cumpridas por meio de ordens judiciais expedidas pela 5ª Vara Federal de Caxias do Sul. A Polícia Federal afirmou, por nota à imprensa, que as investigações seguem em andamento para a identificação de outros envolvidos no assalto e o completo esclarecimento do crime.

A operação foi realizada em conjunto com a Brigada Militar, a Polícia Civil do Rio Grande do Sul e a Polícia Rodoviária Federal (PRF). Os serviços de inteligência das forças de segurança pública localizaram os suspeitos em outros estados. Para prendê-los, a PF afirma que contou com o apoio das secretarias de Segurança Pública do Rio Grande do Sul, do Paraná e de São Paulo.

Durante o confronto armado na quarta-feira (19), o segundo sargento da Brigada Militar do Rio Grande do Sul, Fabiano Oliveira, e um dos assaltantes morreram no tiroteio. O PM foi atingido por um tiro no tórax. Ele tinha 47 anos e, desde 1997, atuava na Força Tática do 12° Batalhão de Polícia Militar (BPM), em Caxias do Sul.



Agência Brasil

- PUBLICIDADE -spot_imgspot_img
Veja também...
- Publicidade -spot_img
LOCAL
- Publicidade -spot_img

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Descubra mais sobre Guia Limeira

Assine agora mesmo para continuar lendo e ter acesso ao arquivo completo.

Continue reading