Home Política Erika Tank participa de encontro que discute rede de atendimento à mulher...

Erika Tank participa de encontro que discute rede de atendimento à mulher de Araras

12
0

A vice-prefeita Erika Tank participou de um encontro promovido pelo Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres de Araras e que contou com a participação de um grupo de vereadoras ararenses. Na ocasião, discutiu-se a Rede de Atendimento Integrado às Mulheres em Situação de Violência de Araras, que teve como base para sua elaboração a Rede Elza Tank de Atendimento Integrado às Mulheres em Situação de Violência. Em sua fala, ela agradeceu ao apoio do prefeito Mario Botion, enquanto era vereadora e também agora, como vice, na conquista de inúmeros benefícios nesta área.

Erika participa das discussões sobre a criação do projeto em Araras, desde 2017, quando foi procurada por representantes daquele município para saber de que forma funciona o projeto em Limeira para implementá-lo em Araras. Desde então, a vice-prefeita tem acompanhado os trabalhos desenvolvidos pelo grupo tirando dúvidas e compartilhando ideias bem sucedidas.

No encontro de ontem, ela ressaltou que os serviços oferecidos pela Rede Elza Tank visam um trabalho integrado para garantir à mulher, vítima de violência, acesso permanente aos seus direitos. “Priorizamos o suporte legal e o atendimento psicológico às mulheres vítimas de violência. Limeira é a primeira cidade do estado de São Paulo a inverter o atendimento à vítima de violência sexual na área da Polícia Militar, ou seja, primeiro a pessoa é encaminhada ao atendimento médico e depois é feito o registro do Boletim de Ocorrência”, ressaltou Erika.

A vice-prefeita enfatizou que a mulher fragilizada precisa de cuidados específicos de profissionais capacitados e que a troca de experiências é sempre bem-vinda entre as cidades. Ela colocou a Prefeitura de Limeira e a Rede Elza Tank à disposição do Conselho, em Araras para dar suporte ao projeto. “Precisamos de mais pessoas engajadas nesta luta, todos os dias para garantir os diretos das nossas mulheres ”, finalizou.