Home Sa√ļde Governo de SP distribui 305 mil vacinas contra covid-19 para 28 locais

Governo de SP distribui 305 mil vacinas contra covid-19 para 28 locais

10
0
Vacina, vacinação,seringa, covid 19

O governo do estado de S√£o Paulo distribui nesta ter√ßa-feira (19) cerca de 305 mil doses da vacina CoronaVac para 26 cidades com mais de 30 mil habitantes e a dois grupos de Vigil√Ęncia Epidemiol√≥gica (GVE) regionais que far√£o a subdivis√£o para cidades menores em suas √°reas de atua√ß√£o. Os 28 locais de distribui√ß√£o incluem regi√Ķes da Grande S√£o Paulo, Sorocaba e Vale do Para√≠ba.

Neste primeiro momento, profissionais de sa√ļde, idosos com mais de 60 anos e pessoas com defici√™ncia vivendo em institui√ß√Ķes de longa perman√™ncia, ind√≠genas aldeados e quilombolas receber√£o as doses, com o apoio de equipes da aten√ß√£o prim√°ria do Sistema √önico de Sa√ļde (SUS). Esses p√ļblicos s√£o priorit√°rios considerando os crit√©rios de exposi√ß√£o de infec√ß√£o e risco para agravamento ou √≥bito pela doen√ßa.

Segundo o governo estadual, no decorrer desta semana, as 645 cidades receber√£o seus quantitativos iniciais. A divis√£o das grades de vacina foi baseada no quantitativo proporcional de previsto para S√£o Paulo conforme o Programa Nacional de Imuniza√ß√Ķes (PNI). O total de 1,5 milh√£o de doses √© a refer√™ncia para trabalhadores de sa√ļde baseado na √ļltima campanha de vacina√ß√£o contra a gripe, de acordo com o governo estadual. Esta mesma refer√™ncia √© utilizada para c√°lculo das grades regionais e para cada cidade.

‚ÄúA campanha de imuniza√ß√£o contra a covid-19 em S√£o Paulo ser√° desenvolvida segundo a disponibilidade das remessas do √≥rg√£o federal. √Ä medida que o Minist√©rio da Sa√ļde viabilizar mais doses, as novas etapas do cronograma e p√ļblicos-alvo da campanha de vacina√ß√£o contra a covid-19 ser√£o divulgadas pelo governo de S√£o Paulo‚ÄĚ, divulgou o governo estadual.

O Minist√©rio da Sa√ļde confirmou nesta ter√ßa-feira a entrega de 6 milh√Ķes de doses da CoronaVac para todos os estados e o Distrito Federal. A vacina√ß√£o j√° come√ßou em quase todo o pa√≠s. 

Vacinação no interior

Na manh√£ de hoje, o governador Jo√£o Doria participou do in√≠cio da imuniza√ß√£o nas cidades de Ribeir√£o Preto e S√£o Jos√© do Rio Preto. 

Em Ribeir√£o Preto, a vacina√ß√£o ocorreu no Hospital das Cl√≠nicas da Faculdade de Medicina da USP. A primeira vacinada foi a t√©cnica de enfermagem Maria Lucia dos Santos. ‚ÄúNesse momento, estamos vacinando todos profissionais de sa√ļde, os m√©dicos, enfermeiros auxiliares e tamb√©m todos que trabalham na linha de frente em unidades m√©dicas, as pessoas do atendimento, recep√ß√£o, limpeza, manuten√ß√£o e seguran√ßa. Sem elas, um hospital n√£o funciona. Todos eles est√£o na linha de frente, ajudando a salvar vidas‚ÄĚ, disse Doria.

Em S√£o Jos√© do Rio Preto, a vacina√ß√£o come√ßou no Hospital de Base da cidade e a primeira dose foi aplicada na enfermeira Prisciane Batista. H√° 12 anos trabalhando nesse hospital, ela atua na enfermaria espec√≠fica para casos graves de covid-19, sem ter sido contaminada at√© o momento. Para preservar a fam√≠lia, a enfermeira deixou o filho de 10 anos com seus pais, que moram em Santa Ad√©lia, cidade localizada a 89 quil√īmetros de Rio Preto.

‚ÄúMinha m√£e tem comorbidades e minha irm√£ √© especial. Visito meu filho e minha fam√≠lia somente aos finais de semana, mas sempre com muito frio na barriga e medo de transmitir algo pra eles. Agora, terei mais seguran√ßa‚ÄĚ, contou. 

A distribuição das vacinas, seringas e agulhas para o interior começou ontem, com o envio de grades para esses três hospitais, além dos Hospitais das Clínicas de Campinas e de Botucatu, que ontem mesmo iniciaram a vacinação. A campanha começou no domingo (17) no HC de São Paulo.

No total, o governo do estado estima que cerca de 60 mil profissionais que atuam nesses seis hospitais de refer√™ncia ser√£o imunizados contra a covid-19. Em 24 horas, mais de mil trabalhadores da sa√ļde foram vacinados nos tr√™s HCs iniciais ‚Äď S√£o Paulo, Campinas e Botucatu.

Marília

Uma t√©cnica de Enfermagem rec√©m-recuperada de covid-19 √© a primeira vacinada do Hospital das Cl√≠nicas de Mar√≠lia (Famema), no interior de S√£o Paulo. O governador acompanhou o in√≠cio da imuniza√ß√£o na cidade na tarde de hoje.

Aos 32 anos de idade e há quatro anos trabalhando no Hospital das Clínicas da cidade, Francine Rita de Cassia Domingos Viana atua no atendimento de casos graves de covid-19. Ela lida também com o medo de se infectar e contagiar seus pais, idosos de 70 anos com quem mora. Com o diagnóstico de covid-19 no mês passado, ela isolou-se em seu quarto, utilizou apenas produtos descartáveis e não teve contato com a família.

‚ÄúGra√ßas a Deus e aos cuidados necess√°rios, meus familiares ficaram bem e n√£o tiveram a doen√ßa. Continuo na linha de frente com orgulho, e recebo a not√≠cia da vacina com muita alegria. No domingo, pela primeira vez em dias, estava alegre, confiante e acreditando no futuro e em dias melhores para a sa√ļde no Brasil‚ÄĚ, disse Francine.

mat√©ria atualizada √†s 18h42 para inclus√£o do in√≠cio da vacina√ß√£o em Mar√≠lia 

Edição: Juliana Andrade