Home Saúde Vacinação começa quando doses chegarem; profissionais da linha de frente terão preferência

Vacinação começa quando doses chegarem; profissionais da linha de frente terão preferência

15
0

A Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Saúde, iniciará a imunização contra a Covid-19 assim que o município receber as doses enviadas pelo Ministério da Saúde, por meio da Secretaria Estadual de Saúde. Até o momento, não há confirmação sobre quando ou a quantidade de doses que serão encaminhadas aos municípios. De qualquer forma, a Prefeitura tem toda a estrutura necessária para realizar a imunização.

Na primeira etapa do processo, a prefeitura seguirá os critérios do Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação, do Ministério da Saúde, complementado pelo Plano Estadual de Imunização, com apoio da Diretoria Regional de Saúde (DRS) de Piracicaba. Dessa forma, os primeiros a serem vacinados serão os profissionais da saúde que trabalham na linha de frente – ou seja, que têm contato direto com pacientes de Covid-19.

Serão priorizados, portanto, os profissionais dos Pronto Atendimentos e da Unidade de Referência Coronavírus (URC), bem como dos hospitais públicos e privados de Limeira. Para os equipamentos públicos, a Secretaria de Saúde fará a aplicação das vacinas nos postos de trabalho. Já os hospitais, receberão as doses para fazer a aplicação em seus profissionais. A quantidade de doses será proporcional ao número de profissionais. Havendo doses suficientes para esta etapa, o município vai vacinar também a população idosa que estiver em instituições de abrigos, como asilos.

De acordo com o secretário de Saúde, Vitor Santos, como devem ser aplicadas duas doses da vacina, a quantidade que chegar do Ministério da Saúde deverá ser dividida por dois, para garantir a segunda dose do imunizante aos vacinados nesta primeira etapa, que deverá ser aplicada de 20 a 25 dias após a primeira dose. Os profissionais que se vacinarem receberão o comprovante e as orientações necessárias.

Em um segundo momento, com o recebimento de mais doses, a vacinação se estenderá aos demais profissionais de saúde e idosos, como determina o Plano Nacional de Vacinação. A imunização acontecerá, para este grupo, nas 17 unidades de saúde com sala de vacinação de Limeira. Se necessário, unidades móveis e outros equipamentos de saúde também serão utilizados para aplicação das vacinas. Para evitar aglomeração, o município realizará a vacinação de forma descentralizada.

CADASTRO

A Secretaria Municipal de Saúde também esclarece que o site lançado pelo Governo Estadual para cadastro para a vacina não condicionará quem e quando deverá tomar a dose. Além disso, o cadastro não é obrigatório. Ou seja, os profissionais de Limeira não precisam se cadastrar, uma vez que todos serão vacinados independente de cadastro, seguindo os critérios determinados pelo Ministério da Saúde e pelo Governo do Estado.


Fonte: Secretaria de Comunicação Social