Home Entretenimento Como divertir as crianças durante o isolamento social

Como divertir as crianças durante o isolamento social

164
0

A quarentena causada pelo novo coronavírus obrigou todos nós a adotar medidas de isolamento social que afetaram profundamente nosso cotidiano, trazendo muitos desafios para dentro de casa. Entre eles, a suspensão das aulas presenciais e o trabalho remoto fazem com que as crianças agora passem o dia inteiro em casa, levando muitos pais a sofrerem na hora de manter os filhos entretidos e dar conta das tarefas domésticas. 

Por isso, nosso artigo destacou as melhores formas de manter a criançada entretida de forma segura dentro de casa, até que a quarentena finalmente possa acabar. Vamos conferir!

Diversão eletrônica 

Não é de agora que os pequenos nos mostram que adoram a tecnologia. Na verdade, é comum vermos crianças que em pouco tempo aprendem a usar celulares e computadores melhor do que nós mesmos. Por isso, recursos digitais podem ser uma boa pedida para alegrar o dia da garotada.

Plataformas de streaming

Serviços digitais de vídeo como o YouTube, Netflix e Amazon Prime oferecem catálogo quase infinito de desenhos e filmes prontos para o público infantil. A assinatura mensal desses serviços costuma ter um preço acessível, e as plataformas dispõem da possibilidade de ativar o modo kids que esconde o conteúdo inapropriado e apresenta uma interface adaptada aos gostos das crianças. 

Além disso, todos os serviços possuem aplicativos para celulares e tablets, assim, não é necessário depender do computador para assistir ao conteúdo. Muitas televisões também já vem com os aplicativos pré-instalados. E caso você esteja sofrendo com a temível tela de carregamento enquanto assiste aos programas – algo que costuma irritar os pequenos – uma boa solução é instalar uma VPN para Netflix que estabiliza a conexão e pode até mesmo liberar acesso para programas que estão indisponíveis em nossa região. 

Jogos online 

Outra possibilidade de entretenimento digital são os famosos jogos de computador e celular. Aqui, a dica é procurar por jogos que ofereçam possibilidades criativas para que as crianças exercitem também o desenvolvimento de sua memória e criatividade. Jogos como Minecraft, Roblox (grátis) e LEGO podem possibilitar horas de diversão com um investimento inicial baixo. 

Uma dica importante para jogos de celular é se atentar às microtransações – pequenas compras como moedas, diamantes, cristais, entre outros, que são oferecidas dentro de aplicativos gratuítos. Os jogos incentivam as crianças a comprarem as moedas digitais para melhorar seus personagens ou avançar no jogo, e os pequenos débitos podem ocasionar em um custo gigante no cartão de crédito no final do mês. No Android e no iOS é possível configurar a conta para bloquear as compras sem a autorização parental

Plataformas para computador como a Steam também oferecem diversos jogos grátis ou com preço promocional. E para aqueles que possuem o console Xbox, é possível assinar o serviço Xbox Game Pass que por um pequeno valor mensal disponibiliza um enorme catálogo de jogos infantis que podem ser jogados sem limites. 

Chamadas de vídeo

E para matar a saudade dos colegas, é muito fácil instalar e usar aplicativos de chamada de vídeo como o Skype, Zoom e Google Hangouts. As crianças também podem fazer outras atividades no computador enquanto conversam com os amigos, e para isso, aplicativos como o Discord são ótimas opções para criar grupos e falar com voz sem interromper as outras funcionalidades do PC. 

Diversão à moda antiga

Além do universo dos computadores, vale a pena explorar as formas mais tradicionais de brincadeiras e diversões que podemos fazer dentro de casa. É uma boa hora de resgatar as memórias das atividades da infância, antes da era dos computadores, e de conectar-se um pouco com o universo infantil. 

Jogos de mesa e tabuleiro

Tradicionais e clássicos, os jogos de tabuleiro são uma ótima forma de unir toda a família em uma atividade divertida e que ajuda a desenvolver a lógica e, em muitos casos, coordenação motora. 

Imagem e Ação, Detetive, Banco Imobiliário, Quest e UNO são facilmente encontrados em lojas de brinquedos ou no fundo de nossas gavetas, e podem oferecer uma variedade imensa de atividades. 

E se jogos de tabuleiro estiverem em falta, um baralho de cartas pode ser usado para vários jogos que são fáceis de ensinar para a criançada, como o pife, porco, ludo, paciência e jogo do mico. 

Artesanato e experimentos

Com materiais caseiros é muito fácil imaginar milhares de possibilidades de brinquedos e brincadeiras. Por exemplo, com retalhos de roupas e tecidos e algumas canetinhas as crianças podem fazer seu próprio show de fantoches para apresentar para os pais. Com garrafas PET e papel machê bonecos e carrinhos são fáceis de fazer. E até mesmo com materiais inusitados como a nata de leite e gesso existem milhares de possibilidades de invenção.

Além disso, é fácil instigar a curiosidade e pensamento lógico com experiências científicas caseiras – muito populares entre as crianças. O vulcão de vinagre com bicarbonato, brincadeiras com lentes de aumento, pasta de dentes de elefante, aviões de papel, e até mesmo o quintal de casa, são oportunidades de ensinar e aprender junto com as crianças. 

Alguns recursos podem facilitar na hora de bolar as ideias, como o canal do Manual do Mundo no YouTube que conta com diversos brinquedos e experiências caseiras. 

Conclusão

Com um pouco de criatividade – e misturando a modernidade com a nostalgia – conseguimos encontrar diversas oportunidades de criar memórias marcantes com nossos pequenos, manter o entretenimento em casa, e aprender muito. Para manter o nosso humor, e o das crianças, durante a quarentena, é fundamental focarmos nos aspectos positivos e nas possibilidades que temos. Torne seu isolamento social uma memória da chance de ficar em casa com quem amamos, ao invés de um transtorno. Confira também as informações mais recentes sobre a pandemia em Limeira