Forças de segurança da cidade atuarão no cumprimento da quarentena

Forças de segurança da cidade atuarão no cumprimento da quarentena

274
0
COMPARTILHAR

O prefeito Mario Botion convocou extraordinariamente para esta quarta-feira (25) uma reunião com membros do Gabinete de Gestão Integrada (GGIM), que recebe participação das forças de segurança da cidade: Guarda Civil Municipal, Polícia Civil e Polícia Militar. O objetivo da reunião foi planejar ações conjuntas para fiscalizar eventuais atividades que desrespeitem a quarentena imposta pelo Governo Estadual e pela Prefeitura de Limeira, como medida preventiva à proliferação do coronavírus. O encontro ocorreu no Paço Municipal (Edifício Prada).

Botion comentou o pronunciamento de ontem (24) do presidente Jair Bolsonaro, que criticou as medidas de isolamento e quarentena adotadas para o combate ao coronavírus. Na semana passada, o Senado aprovou, por unanimidade, decreto legislativo que reconhece o estado de calamidade pública no país em razão da pandemia. Já em São Paulo, o governador João Dória determinou o fechamento temporário do comércio, escolas e serviços não essenciais para evitar o avanço do vírus. Essas ações preventivas foram ratificadas pelo governo Botion, por meio do decreto nº 123, que reconhece o estado de calamidade e determina a restrição dessas atividades. “O que vale é o decreto do Senado, do Estado de São Paulo e da Prefeitura de Limeira. Seguiremos cumprindo todas as determinações”, disse.

Em coletiva de imprensa ontem (24), Botion afirmou que inicialmente a fiscalização terá caráter orientativo, porém, se necessário, os casos de reincidência estarão sujeitos à multa. “Faremos tudo para que a quarentena seja respeitada, primeiro com a conscientização, mas depois, se necessário, de forma punitiva”, comentou.

O secretário de Segurança Pública e Defesa Civil, Francisco Alves, reforçou a importância do trabalho em parceria e observou que as polícias Militar, Civil e a Guarda Civil Municipal (GCM) também darão suporte à “força tarefa” criada por Botion para o cumprimento da quarentena. O grupo será formado por fiscais da Divisão de Fiscalização de Posturas, Meio Ambiente, Vigilância Sanitária e Fazenda e atuará a partir de denúncias da população, pelo sistema 156, pelo 153 (GCM) e pelo 190 (Polícia Militar).

Participaram da reunião, o comandante do 36º Batalhão da Polícia Militar, tenente coronel Paulo Roberto Borges, acompanhado do major Vieira, do major Facadio, do capitão Herlon e do capitão Costa; o delegado da Polícia Civil, Francisco Paulo Oliveira Lima; o presidente da Câmara Municipal, Sidney Pascotto (Lemão da Jeová Rafá); Rodrigo Oliveira (Mobilidade Urbana), Antonio Peres (Comunicação Social), Daniel Campos (Assuntos Jurídicos), Dagoberto Guidi (Obras e Serviços Públicos) e José Aparecido Vidotti (Fazenda); o diretor de Vigilância em Saúde, Alexandre Ferrari; e diretores de outras pastas.

Texto: Cibele Gianechini

Fotos: Secretaria de Comunicação Social

SEM COMENTÁRIOS