Home Política Clínicas e hospitais veterinários podem se credenciar até dia 16

Clínicas e hospitais veterinários podem se credenciar até dia 16

665
0

Conforme anunciado pelo prefeito Mario Botion no final de fevereiro, a Prefeitura de Limeira realiza chamada pública para credenciamento de clínicas e hospitais veterinários para castração de cães e gatos. O documento foi publicado no Jornal Oficial do Município de sábado (29). Somente serão credenciadas clínicas que estejam regularizadas e que contemplem todas as exigências legais para esse tipo de atividade. A política de castração estará voltada para cães e gatos errantes (animais de ruas) e pertencentes à famílias carentes, desde que elas pertençam ao cadastro único do Ceprosom. A previsão é de que 5 mil animais sejam cadastrados no início deste programa. “Nossa gestão, apesar das dificuldades financeiras e orçamentárias, viabilizamos recursos para esta importante ação, medida que, além de atender demanda da comunidade, é uma questão de saúde pública”, enfatiza Mario Botion.

 Para acessar o edital e seus anexos, os interessados podem acessar a área de “Downloads de Editais”, do site da Prefeitura de Limeira (https://bit.ly/3al1L3j), na aba superior “Chamada Pública”. Também é possível comparecer com mídia gravável no Departamento de Proteção e Bem-estar Animal (DPBEA). O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 13h às 16h. O DPBEA fica na Rua Dr. Professor Sólon Borges dos Reis, 251, Campos Elísios. O prazo para apresentação dos envelopes é até o dia 16 de março.

 Botion reforça que o atendimento terá um caráter social, tanto em relação ao custo a ser cobrado pelas clínicas para a castração quanto para o perfil dos proprietários de animais que serão atendidos. Serão cães e gatos errantes (que vivem nas ruas) e aqueles que pertencem às famílias mais vulneráveis. Nesse último caso, a comprovação deverá ser feita por meio do Número de Identificação Social (NIS). A Prefeitura também já adquiriu um castra-móvel que deve ser entregue no final do mês de março. O atendimento será feito de forma itinerante nos bairros da cidade.

A Associação Limeirense de Proteção Animal (Alpa) também teve um posicionamento significativo para que o município adotasse a política de castração. “Contamos sempre com a ajuda e parceria desta importante entidade do nosso município”, diz o prefeito. A Alpa havia realizado um abaixo assinado, em que 20 mil pessoas defendem a política de castração. O documento foi entregue ao prefeito no final de fevereiro.

A ação de castração, que se inicia agora, passará a ser uma política pública do município – o que garante que o município passe a adotar de forma contínua, sempre com responsabilidade orçamentária, a castração dos animais.

A Associação dos Médicos Veterinários de Limeira e Região (Amvel) publicou na sua página de Facebook uma carta aberta parabenizando o prefeito Mario Botion pelo anúncio da política de castração. “É fato que Limeira enfrenta um quadro crítico de superpopulação de animais errantes, sendo a criação de políticas públicas para resolução de tal índice de extrema importância, tanto para o bem-estar animal quanto para o controle de zoonoses”, diz trecho da carta.