Virada Inclusiva em SP tem mais de 300 atrações até a próxima...

Virada Inclusiva em SP tem mais de 300 atrações até a próxima terça

63
0
COMPARTILHAR
Rio de Janeiro - Candidato cadeirante João Pedro Araújo Cunha participa do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) na Uerj (Fernando Frazão/Agência Brasil)

A 10ª edição da Virada Inclusiva terá mais de 300 atrações no estado de São Paulo até a próxima terça-feira (3), quando é comemorado o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência. Os eventos ocorrerão em mais de 50 cidades do estado. Estão programadas atividades culturais, esportivas e de lazer.

Segundo a Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, a virada tem o objetivo de mobilizar a participação plena das pessoas com deficiência e também de promover o debate sobre seus direitos culturais.

“Cada vez mais pessoas estão aderindo a causa da inclusão da pessoa com deficiência como um movimento de ressignificação da sociedade e de mudança de paradigma”, destacou a secretária dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, Célia Leão.

Na capital, a programação ficará concentrada no Parque da Água Branca, na zona oeste da capital. O espaço contará com apresentações artísticas, culturais, grupos de cultura popular, rodas de conversa, palestras, mostra de artesanato e culinária. 

No sábado (30) e domingo (1º) uma Arena Paralímpica estará aberta para a população no parque. A ideia da ação, realizada em parceria com o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), é aproximar o paradesporto da sociedade. Haverá áreas específicas para experimentação sensorial das seguintes modalidades paralímpicas: basquete em cadeira de rodas, futebol de 5, atletismo, tênis de mesa e bocha.

Ainda no domingo, ocorre a caminhada A Paz É o Caminho: Caminhada pela Vida, atividade que terá como ponto de partida a Praça Cívica do Memorial da América Latina, na Zona Oeste, e o final no Parque da Água Branca.

Nas cidades do interior do estado, ações culturais inclusivas para pessoas com e sem deficiência ocorrerão em parques, ruas, praças, museus, teatros, salas, centros culturais, bibliotecas e outros espaços coletivos. 

A programação completa pode ser vista no site do evento.

SEM COMENTÁRIOS