Botion anuncia empresa; frota terá ônibus novos, ar condicionado e wi-fi

Botion anuncia empresa; frota terá ônibus novos, ar condicionado e wi-fi

253
0
COMPARTILHAR

O prefeito Mario Botion anunciou nesta tarde a empresa que passará a operar no transporte coletivo de Limeira. Um veículo similar ao que rodará nas ruas do município foi apresentado à imprensa, vereadores e secretários municipais, em solenidade ocorrida no jardim do Edifício Prada. A empresa contratada em regime emergencial é a Sancetur, grupo que já opera nas cidades de Valinhos, Americana, Indaiatuba e Atibaia.

Em Limeira, ela atuará com a marca SOU Limeira (Sistema de Ônibus Urbano). Segundo o contrato, a nova empresa irá operar com 120 ônibus, além de mais seis do serviço Transporta (para atender deficientes). A empresa passará a se estruturar e iniciará as operações no dia 15 de fevereiro.

A idade da frota será de, no máximo, cinco anos, mas a maioria dos ônibus deverá ser zero quilômetro ou fabricados em 2017 e 2018. Os ônibus terão ar condicionado e sistema de wi-fi e a tarifa será a mesma praticada hoje. O anúncio resultará no fim da intervenção do município no transporte coletivo, procedimento adotado em abril de 2017 pela atual administração, devido a situação financeira “desesperadora” da Viação Limeirense, como definiu Botion. “A medida que está sendo comunicada hoje confirma que nossa administração vem agindo com “determinação e coragem” em todos os seus atos”, afirma o prefeito.

O presidente da Câmara Municipal, Sidney Pascotto, o Lemão da Jeová Rafá, elogiou o “trabalho sério e comprometido” realizado pelo governo Botion. “Entramos numa nova etapa bastante significativa”, declarou.

Marcos Chedid, presidente da Sancetur, afirmou que a empresa apresentará um serviço em Limeira “diferenciado e moderno”. “Nosso objetivo é levar satisfação ao usuário de ônibus”, declarou. Ele afirmou ainda que a prioridade é aproveitar os funcionários da antiga Limeirense e que hoje atuam sob intervenção. Esse item também faz parte de tratativas realizadas com o prefeito Mario Botion.

Estiveram presentes no evento, além de Lemão da Jeová Rafa, os vereadores Zé da Mix, Mayra Costa, Jorge de Freitas, Mir do Lanche, Toninho Franco, Farid Zaine, Lu Bogo, Nilton Santos, Estevão Nogueira e Wagner Barbosa. Embora ausente por problemas de saúde, o nome da vereadora e líder do governo na Câmara, Erika Tank, foi citado pelo prefeito como parlamentar que vem atuando em tratativas importantes envolvendo o Executivo e o Legislativo.

Participaram ainda da solenidade, os secretários Matias Razzo, Tito Almirall, Daniel de Campos, Rodrigo Oliveira, André De Francesco, André Basso, Dagoberto Guidi, Luiz Zanon, Luiz Alberto Battistella, Edilson Merli, Edison Moreno Gil e Antônio Peres.

“CORAGEM”

Durante discurso, o prefeito fez um breve histórico sobre a situação do transporte coletivo desde que assumiu. “Logo em 2 de janeiro, assinamos um decreto criando uma comissão para tratar do assunto, tamanha era a emergência que o caso requeria”, observou.

O governo atual passou a tomar conhecimento do sistema e, em abril de 2017, se viu na necessidade de decretar a intervenção. “Adotamos a medida para garantir o serviço à população”, diz. O quadro de insolvência da empresa já era visível naquele momento.

O prefeito lembra ainda que a intenção do governo era fazer com que o município deixasse o mais rapidamente a intervenção. A burocracia da máquina pública, porém, fez com que essa medida acabasse atrasando.

Segundo Botion, com a assinatura do contrato emergencial o transporte coletivo terá um novo momento. “A qualidade na prestação desse importante serviço terá um aumento significativo”, declarou. “Agimos o tempo todo com muita determinação e coragem na solução de mais esse problema”.

SEM COMENTÁRIOS