Home Local Conselho de Transparência e Controle Social se reúne e define membros diretivos

Conselho de Transparência e Controle Social se reúne e define membros diretivos

157
0

Após a posse, no mês passado, os membros do Conselho de Transparência e Controle Social (CMTCS) se reuniram ontem (23), na sala de reuniões do Gabinete, para dar prosseguimento aos trabalhos. Na pauta, estava a aprovação do regimento interno e a eleição dos membros diretivos. O secretário de Comunicação Social, Antonio Peres, foi eleito para a presidência do conselho, enquanto o membro da sociedade civil, Márcio dos Santos Vidal, foi eleito secretário-geral, ambos eleitos por aclamação pelos membros do conselho.

Formado por representantes de entidades da sociedade civil e do poder público (Executivo e Legislativo), o Conselho foi criado com base na Lei 6.176/2019 e os membros foram nomeados pelo Decreto 328/2019, em setembro, quando também tomaram posse. “Essa iniciativa demonstra a nossa preocupação com a transparência das informações de interesse públicos, com o controle interno e, principalmente, com a participação da sociedade na gestão municipal. É papel dos municípios consolidar a transparência e demonstrar de forma constante os resultados das aplicações dos recursos públicos”, ressalta o prefeito Mario Botion.

O secretário de Comunicação destaca que, desde o início da administração do prefeito Mario Botion, ações para ampliar a participação dos munícipes vêm sendo implementadas. “Quanto mais estimularmos a população a se interessar pelo que se realiza na administração do município, mais o sentimento de pertencimento é disseminado”, pontua Peres.

TRANSPARÊNCIA

Limeira está entre os 30 munícios mais transparentes do Brasil, de acordo com a Escala Brasil Transparente – Avaliação 360º, que analisou 665 municípios com mais de 50 mil habitantes e capitais dos 27 Estados brasileiros – o que abrange cerca de 70% da população brasileira. Limeira recebeu a nota 9.46. Em relação ao Estado de São Paulo, Limeira se destaca na segunda posição, à frente de grandes cidades como Santos (9.33), Campinas (9.04), Jundiaí (9.02) e Sorocaba (8.89), além da capital São Paulo (7.94), e dos municípios da região, como Araras (8.51), Piracicaba (8.31) e Americana (7.84). A cidade de Lorena, com nota 9.51, ficou em primeiro entre as cidades paulistas.