Home Local Mulheres com deficiência terão assegurado direito de realizar mamografia

Mulheres com deficiência terão assegurado direito de realizar mamografia

229
0

A Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Saúde, fará uma ação especial para garantir a acessibilidade aos exames de mamografia, para mulheres de 50 a 69 anos. O procedimento é uma das ações previstas no Outubro Rosa – mês de conscientização e prevenção do câncer de mama. A iniciativa é resultado de duas leis propostas pela vereadora Erika Tank e sancionadas pelo prefeito Mario Botion neste ano.
Nos dias 22 e 23, mulheres surdas ou cegas do município poderão fazer a mamografia na Policlínica, sem necessidade de encaminhamento ou agendamento. No local, as mulheres surdas serão recebidas por pessoa com conhecimento de Libras (Língua Brasileira de Sinais). As mulheres cegas também terão acompanhamento durante o exame. Para tanto, basta apresentar o Cartão SUS e um documento com foto. A Policlínica fica na Av. Ana Carolina de Barros, Levy, 220. O atendimento será das 8h às 12h. 
Para atendimento a mulheres cadeirantes, a mamografia será realizada em locais onde o aparelho pode ser adaptado às necessidades individuais. Nesse caso, é necessário procurar a unidade de saúde mais próxima ou ligar para o telefone 0800 779 0000. A ligação é gratuita e também é preciso informar o número do Cartão SUS.
Neste ano, o prefeito Mario Botion sancionou a lei específica que assegura às mulheres com deficiência, condições e equipamentos adequados para prevenção e tratamento dos cânceres do colo uterino e de mama. A lei foi proposta pela vereadora Erika Tank, que também é autora do projeto de lei que instituiu no Calendário Oficial de Datas e Eventos o “Outubro Rosa para Mulheres com Deficiência”, igualmente sancionado por Botion.
A primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Roberta Botion, e a vereadora Erika Tank gravaram um vídeo para divulgar a iniciativa. O material será utilizado como suporte para a etapa de comunicação da campanha.