Polícia prende maníaco que estuprava mulheres dos colegas de trabalho

Polícia prende maníaco que estuprava mulheres dos colegas de trabalho

101
0
COMPARTILHAR

Um homem de 37 anos foi preso preventivamente pela Polícia Civil de São Paulo na última quinta-feira (10 de outubro). Ele é suspeito de estuprar quatro mulheres de colegas de trabalho e a polícia ainda tenta descobrir se o suspeito teria praticado outros crimes. Para o delegado de Pintangueiras, município no interior de São Paulo, é bastante provável que novos crimes venham à tona.

“É um maníaco. É possível que tenha praticado outros crimess”, disse Cláudio Messias Alves, que classificou o preso como ‘um criminoso em série’.

Nos últimos dois anos, foram registrados na cidade oito crimes de roubo seguidos de estupro. Até aqui, testes de DNA confirmaram o envolvimento do suspeito que foi detido em quatro deles. O homem, porém, nega ser o autor dos crimes.

A polícia chegou até o suspeito após a divulgação de um vídeo, que mostra o momento em que o homem invade a casa de uma mulher, que não chegou a ser atacada, mas teve R$ 2 mil levados do imóvel.

A partir daí veio a elaboração de um retrato falado do homem que seria o autor dos crimes e denúncias anônimas levaram à identificaão de três suspeitos. Todos concordaram em fornecer material genético e o de um deles acabou dando como sendo igual ao do autor dos crimes.

As investigações apontam que o homem conhecia as rotinas das vitimas e se aproveitava do envolvimento no trabalho com o marido de alguns para realizar o ataque. “Ele tinha conhecimento que o marido estava trabalhando na mesma usina e aproveitava a noite. Sempre por volta de 3 horas seguia para a casa da vítima porque sabia que ela estava sozinha”, relata o delegado.

SEM COMENTÁRIOS