Home Saúde Mutirão Oftalmológico da Prefeitura de Limeira entra no terceiro dia

Mutirão Oftalmológico da Prefeitura de Limeira entra no terceiro dia

462
0

O movimento foi intenso nesta segunda-feira (30) durante o terceiro dia do projeto “+ Visão” – mutirão de oftalmologia da Prefeitura de Limeira, no Parque Cidade. A iniciativa começou na semana passada e nos dois primeiros dias de atendimento, quinta (26) e sexta-feira (27), foram realizadas 317 consultas e agendadas 149 cirurgias de catarata e 10 cirurgias de pterígio (tecido fibrovascular que atinge a córnea). 
O mutirão acontece em uma área coberta ao lado da Biblioteca Pedagógica, que ganhou toda a estrutura necessária para consultas e diagnósticos, incluindo dois consultórios, uma sala de pré-consulta, uma sala de exames e um escritório. Segundo o secretário de Saúde, Vitor Santos, que esteve hoje no Parque Cidade para acompanhar o atendimento, a ideia é facilitar o acesso da população à saúde e tornar mais ágil as consultas e as cirurgias na área de oftalmologia.
Os atendimentos ocorrem até quinta-feira (3 de outubro), das 7h às 16h. O prefeito Mario Botion ressaltou a importância do mutirão e pediu que os munícipes compareçam aos agendamentos. “Você que recebeu a convocação, por meio da sua UBS, venha e faça sua consulta”, frisou. Botion observou que a ação também irá beneficiar os pacientes com indicação de cirurgia, que poderão fazer o procedimento no hospital Humanitária. “Esse é o propósito do programa Limeira Ativa e Saudável, garantir qualidade de vida para nossa população”, argumentou.
A diretora de Atenção Secundária da pasta, Andresa Cristina Medeiros de Souza Barros, destacou que o mutirão é voltado aos pacientes que já passaram por consulta nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e aguardavam avaliação. “É importante salientar que estamos atendendo exclusivamente os pacientes que possuíam o pedido de encaminhamento para consulta com especialista. Esses pacientes foram convocados pela Secretaria de Saúde e têm dia e horário agendados para comparecer ao Parque Cidade”, esclareceu.
O mutirão foi contratado por meio do Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região Metropolitana de Campinas – Norte (Cismetro), com investimento da ordem de R$ 300 mil. A iniciativa prevê a realização de 1.800 consultas, 300 cirurgias de catarata e 50 cirurgias de pterígio. 
Entre as dezenas de pessoas acolhidas pela estrutura montada no parque, estava Juliana de Almeida Martins Souza, de 31 anos, que acompanhava a consulta da avó, Edith Rosa de Almeida, de 72 anos. Juliana contou que a avó procurou a UBS do Jd. Aeroporto há pouco mais de um mês, após o agravamento dos problemas de visão, e disse que aprovou o trabalho da prefeitura. “É nota dez. Gostei muito do atendimento”, comentou.
Outra paciente era Zizinha Clemência de Jesus, de 86 anos, diagnosticada pelo médico do “+ Visão” com catarata. Nascida em Teófilo Otoni, Minas Gerais, ela mora em Limeira há seis anos. Ao lado do marido, ela disse que não estava enxergando muito bem e que esperava pela consulta com o oftalmologista há mais de um ano. “Estou achando tudo isso muito bom”, afirmou.