Home Internet Jornalista ataca adolescente autista de 16 anos que fez discurso na ONU

Jornalista ataca adolescente autista de 16 anos que fez discurso na ONU

544
0

Um jornalista da 96 FM A Rádio de Natal, do Rio Grande do Norte, virou alvo de críticas nas redes sociais, nesta semana, por conta de um comentário relacionado à ativista Greta Thunberg, de apenas 16 anos. A menina chamou a atenção do mundo ao discusar na cúpula do clima na Organização das Nações Unidas (ONU), na última segunda-feira (22).

Em seu discurso, a sueca Greta disse que líderes mundiais traíram sua geração por falta de ações relacionadas ao aquecimento global. “Vocês roubaram meus sonhos e minha infância com suas palavras vazias, mas eu sou uma sortuda. Pessoas estão sofrendo, pessoas estão morrendo, ecossistemas inteiros estão entrando em colapso”, disse.

Para o jornalista Gustavo Negreiros, no entanto, Greta é uma “histérica” e “mal amada”. Enquanto falava sobre a garota, ele disse ainda que ela estava “precisando de um homem, ou macho ou uma fêmea”. “Se ela não gosta de homem, que ela pegue uma mulher. Ela está precisando de sexo”, continuou.

Outra apresentadora que acompanha a transmissão reagiu rapidamente às colocações de Negreiros. Ela disse ser um absurdo o que tinha acabado de ouvir e frisou que a garota é uma adolescente de 16 anos. “Não tem nada a ver”, disse diante da sugestão do colega de que a menina deveria transar.

Em outro momento, a mulher ainda disse que Greta foi indicada ao Nobel da Paz, mas de nada adiantou. O jornalista insistiu que a menina deve se relacionar com outra pessoa e disse ainda: “Ela é uma histérica, ela é uma mal amada. Vá fumar seu baseadinho lá na Suécia”, disse.

Nas redes sociais, a postura de Negreiros virou alvo de críticas. “Que homem nojento, voz horrível e um estrume. Que rádio em sã consciência contrata um escroto desse?”, questionou um internauta. “Esse Gustavo Negreiros é lesado? Parece. Se não for lesado é criminoso. Quem fala uma barbaridade desta de uma adolescente de 16 anos? No mínimo é mau caráter”, comentou outro. “Típico cidadão de bem”, disse um terceiro.

Pedido de desculpas e posicionamento da rádio

Nesta quarta-feira (25), o jornalista Gustavo Negreiros abriu a edição do Radar da Notícia, da TV Tropical, afiliada da RecordTV no Rio Grande do Norte, com um pedido de desculpas. Ele disse que não estava preparado para fazer o comentário a respeito de Greta e que errou.

Também nesta quarta, o diretor da 96 FM, Ênio Sidenino, gravou um vídeo com um pedido de desculpas para ouvintes da rádio. A nota de esclarecimento foi publicada no Facebook. Nela, Sidenino ainda pede desculpas a Greta por ter sido “grosseiramente atacada” e diz que a 96 FM já tomou as devidas providências.