Home Saúde Saúde orienta sobre vacinas DTP e Pentavalente

Saúde orienta sobre vacinas DTP e Pentavalente

444
0

A Secretaria de Saúde de Limeira informa que está sem doses das vacinas DTP (que protege contra difteria, tétano e coqueluche) e Pentavalente (que protege contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e Haemophilus influenzae B). A pasta esclarece que o fornecimento das doses é de responsabilidade do Governo Federal, que deixou de repassá-las a estados e municípios.

Em nota, o Ministério da Saúde (MS) reconhece que enfrenta situação de desabastecimento em relação as duas vacinas. Quanto à vacina Pentavalente, o MS destaca que 3,2 milhões de doses, fabricadas pelo laboratório Biological, foram interditadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária e não poderão ser utilizadas para vacinar a população. O MS informa que aguarda a chegada de outras 9 milhões de doses e que a previsão de regularização também é novembro.

O diretor de Vigilância em Saúde da prefeitura, Alexandre Ferrari, salienta que o município já reiterou diversos pedidos ao governo estadual (instância que faz a intermediação dos repasses) para que a situação seja normalizada. “Estamos fazendo a nossa parte, no sentido de cobrar providências das instâncias estadual e federal. Porém, o quadro de desabastecimento é enfrentado pelas prefeituras de todo o Brasil”, disse.

Frente a esse quadro, Ferrari orienta que pais e responsáveis aguardem o restabelecimento das doses de DTP e Pentavalente antes de procurar as Unidades Básicas de Saúde. Porém, ele alerta que essa situação se restringe apenas a essas duas vacinas. “As demais doses que integram o Calendário Nacional de Vacinação, incluindo vacinas contra sarampo e febre amarela, estão com o estoque em dia. A população será avisada pela prefeitura tão logo ocorram os repasses”, frisou.