Home Local Terminal de biometria funciona este sábado (21) no Pátio Limeira Shopping

Terminal de biometria funciona este sábado (21) no Pátio Limeira Shopping

773
0

O terminal de atendimento do Cartório Eleitoral estará aberto em regime de plantão no Pátio Limeira Shopping neste sábado (21), das 10h às 15h, para oferecer o cadastro de biometria aos eleitores limeirenses. Nos plantões os atendimentos são feitos apenas com hora marcada. O terminal foi aberto no último dia 9 e fica no piso térreo próximo à Praça de Eventos e funciona de segunda à sexta-feira, das 10h às 18h. Além deste sábado, haverá plantões nos dias 19 de outubro, 9 de novembro, 7 e 14 de dezembro e no domingo 15 de dezembro, sempre das 10h às 15h.

De acordo com informações do Cartório da 399ª Zona Eleitoral, na primeira semana de funcionamento do terminal no Pátio Limeira Shopping cerca de 500 pessoas passaram pelo local. Para a Gerente Geral do empreendimento Andréa Bacalão, o número reflete o interesse dos clientes da região regularizarem sua situação eleitoral antes do prazo final em dezembro. “A busca pelo cadastramento nessa primeira semana superou nossas expectativas. Além disso, o Pátio Limeira Shopping oferece diversas opções de serviços, gastronomia, entretenimento e compras, com comodidade para os nossos consumidores”, destaca.

Orientações

Os eleitores limeirenses têm de se cadastrar no novo sistema até o dia 19 de dezembro deste ano ou terão o título de eleitor cancelado e deverão regularizar a situação no cartório eleitoral ou em algum posto da Justiça Eleitoral. O cadastramento também é obrigatório para os cidadãos cujo voto é facultativo, como os idosos acima de 70 anos, os maiores de 16 e menores de 18 anos e os analfabetos.

Para fazer o cadastramento biométrico, é necessário levar documento oficial de identificação, comprovante de residência recente e título eleitoral, se tiver. O eleitor deve agendar o atendimento para fazer a biometria no site do TRE-SP, no próprio cartório ou posto eleitoral.

O procedimento envolve a coleta das impressões digitais, fotografia e assinatura digitalizada de cada pessoa, além da atualização dos dados constantes no cadastro. Caso não faça o cadastramento, além do título cancelado o eleitor não poderá votar, ser empossado em concurso público, obter passaporte ou CPF, renovar matrícula em estabelecimento de ensino oficial, obter empréstimos em estabelecimentos de crédito mantidos pelo governo, participar de concorrência pública e praticar qualquer ato para o qual se exija quitação do serviço militar ou imposto de renda.