Promessa do judô brasileiro é encontrado morto na piscina de sua casa

Promessa do judô brasileiro é encontrado morto na piscina de sua casa

120
0
COMPARTILHAR

O judoca Gabriel Schlichia Adriano, de 20 anos, integrante da Seleção Brasileira sub-21 de Judô, foi encontrado morto na piscina de sua casa, no Tingui, em Curitiba, no domingo (8). Gabriel era uma promesa do judô brasileiro. Fez parte das seleções brasileiras de Base e, em 2016, foi bronze no Campeonato Pan-Americano Sub-18 e campeão sul-americano sub-18 no peso Leve (73kg), além de figurar no pódio de diversas competições estaduais e nacionais.

Gabriel treinava na Sociedade Morgenau. A Federação Paranaense de Judô emitiu uma nota sobre o falecimento do atleta:

“Informamos com pesar o falecimento do atleta da Sociedade Morgenau Gabriel Adriano nascido em 26/08/1999 e falecido na data de 08/09/2019. Sua morte nos deixou muito surpresos, mas esperamos que ele possa estar em um lugar melhor.

Agradecemos a todas as mensagens de conforto recebidas até agora. Elas só mostram o quanto era querido por todos, com seu profissionalismo, inteligência, amizade e grande atleta. Devemos sempre lembrá-lo(a) com alegria, gratidão e muita saudade”, conlui a nota.

A Secretaria do Esporte, Lazer e Juventude (Smelj) também publicou nota lamentando a morte do judoca, que integrava a seleção brasileira sub-21 de judô. O atleta morreu na tarde de domingo (8/9) e o corpo foi sepultado às 16h desta segunda-feira (9/9), em Colombo.

Considerado uma das promessas do judô brasileiro, Gabriel Adriano era atleta apoiado pela Prefeitura, pelo Programa de Incentivo ao Esporte.

SEM COMENTÁRIOS