Home Entretenimento E.E. Prof. Gabriel Pozzi recebe espetáculo de rua no XV Festival Nacional...

E.E. Prof. Gabriel Pozzi recebe espetáculo de rua no XV Festival Nacional de Teatro de Limeira

215
0

O XV Festival Nacional de Teatro de Limeira chegou à Escola Estadual Professor Gabriel Pozzi na tarde de ontem (21). A iniciativa faz parte do projeto de descentralização presente no plano de governo do prefeito Mario Botion. A realização do evento é da Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Cultura.

A Cia Talagadá apresentou aos alunos e funcionários da escola o espetáculo “Romeu e Julieta” que trouxe cinco moradores de rua que, em meio ao lixo e tralhas, tentam subverter essa situação por meio do universo lúdico, no qual suas figuras grotescas interpretam a si mesmas, utilizando-se de objetos, instalações, assemblagens, música e performance para recontar, a seu modo, o clássico Romeu e Julieta de William Shakespeare, cujo fim trágico é de conhecimento de todos. Porém, as metáforas dos fatos que antecedem seu desfecho trouxeram surpresa.

O secretário de Cultura, José Farid Zaine, esteve presente na apresentação, e também representou o prefeito Mario Botion.“É um prazer estar aqui na escola Gabriel Pozzi e usar este espaço para receber um espetáculo de rua. Vocês, agora, recebem e participam de um festival de porte nacional, em uma apresentação exclusiva. É um marco para a história da escola e do festival”, disse.

A iniciativa foi aprovada também pela escola. “É uma ótima ideia trazer o festival aqui. É interessante trabalhar essa parte diversificada, já que temos clube e matérias eletivas de teatro. O festival vem para incentivar e desenvolver essa arte com os nossos alunos”, relatou a diretora Ana Márcia de Paulo Paglioni.

Os alunos também aprovaram a participação no festival, ainda mais por contarem com as matérias eletivas, como a intitulada “Projeto de Vida”, que incentiva o interesse dos alunos pelas artes. “Gostei, porque no Ensino Integral temos o ‘Projeto de Vida’ e com a apresentação muitos abriram a mente e foram influenciados a seguir a arte como uma carreira”, disse Aline Glaucia de Souza.

Já Rayssa Trentin Bueno comentou que a atividade foi “um modo de reunir os alunos e demonstrar a cultura através do teatro. E teve uma crítica também que ajuda os alunos a pensarem um pouco mais”. Rafaela Almeira R. de Sousa foi selecionada para participar de cenas durante o espetáculo e revelou que sempre teve interesse pela arte. “O espetáculo influencia a querer participar do teatro. Eu posso perceber que tanto eu como meus amigos se animaram. Sempre quis participar, é uma coisa que faz a gente perder a vergonha”, contou.

A descentralização da cultura também é um tópico bem avaliado pelas estudantes. “Tem gente que não tem condições de ir ao teatro, então o teatro vir até nós foi muito bom. Estimula o ‘Projeto de Vida’, além da crítica social ser maravilhosa”, enfatizou Maria de Fátima F. Clementino.

O Festival Nacional de Teatro de Limeira segue até domingo com espetáculos adulto, infantil e de rua, além da premiação. A programação completa pode ser conferida pelo site www.limeira.sp.gov.br/festivaldeteatro.