Evento debaterá humanização no atendimento à mulher em situação de violência

Evento debaterá humanização no atendimento à mulher em situação de violência

104
0
COMPARTILHAR

Nesta quarta-feira (7), dia em que a Lei Maria da Penha completa 13 anos, o Ceprosom, em parceria com a Rede Elza Tank de Atendimento à Mulher em Situação de Violência, promove uma capacitação voltada a agentes públicos. O objetivo é fortalecer a humanização do atendimento às mulheres vítimas de violência. A iniciativa acontece no Anfiteatro do Isca Faculdades (Rodovia Deputado Laércio Corte, 3.000), das 8h às 16h30. As inscrições podem ser feitas no próprio evento.

A Rede Elza Tank de Atendimento Integrado às Mulheres em Situação de Violência foi regulamentada pela Lei N° 5.452/14. Trata-se de um conjunto de serviços visando o trabalho articulado para garantir à mulher, vítima de violência, acesso integral e permanente aos seus direitos. Nessa perspectiva, a Rede Elza Tank e o Ceprosom realizam ao longo do ano um ciclo de quatro capacitações sobre o tema. A primeira ocorreu no dia 5 de junho.

Confira a programação desta quarta-feira (7):

8h às 8h30 – Credenciamento

8h30 às 10h – “Violência contra a mulher”, com a psicóloga e especialista em Psicologia Clínica Comportamental, Amanda Abreu Silva

10h às 10h15 – Coffee

10h15 às 12h – “Direitos e Garantias Fundamentais da Mulher”, com a defensora do Núcleo dos Direitos do Idoso e da Pessoa com Deficiência e mestre em Direito Constitucional pela PUC/SP, Lúcia Thomé Reinert

13h30 às 15h30 – “Humanização do atendimento na perspectiva da Lei Maria da Penha”, com a jornalista, escritora e professora da Academia de Polícia Civil, Terezinha de Carvalho

15h30 às 15h45 – Coffee

15h45 às 16h30 – “Apresentação da Rede Mulher Elza Tank”, com representantes da Rede

16h30 – Encerramento.

SEM COMENTÁRIOS