Saúde orienta sobre vacinação contra sarampo

Saúde orienta sobre vacinação contra sarampo

107
0
COMPARTILHAR

A Secretaria de Saúde de Limeira alerta a população sobre a importância da vacinação contra o sarampo. Não há casos da doença no município. No entanto, já foram registrados em todo Brasil 561 ocorrências da doença neste ano, segundo o boletim epidemiológico do Ministério da Saúde divulgado no dia 22.
A maior concentração está no estado de São Paulo, com 484 ocorrências. Desse total, a capital paulista reúne o maior número de casos confirmados, com 363 registros. Na sequência, estão os municípios de Santos (22), Guarulhos (18), Santo André (18), Fernandópolis (12), São Bernardo do Campo (12), entre outros.
O diretor de Vigilância em Saúde, Alexandre Ferrari, observa que, apesar do reaparecimento do sarampo no país, a cobertura vacinal em Limeira está abaixo de 95% – índice recomendado pelo Ministério da Saúde. Nos primeiros seis meses deste ano, foram vacinadas 1.417 pessoas, o que representa 78,3% do público-alvo.
Ferrari ressalta a importância de os pais e responsáveis completarem todo o esquema vacinal dos filhos. “Conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente, é dever dos pais encaminhar os filhos para vacinação”, frisou. A vacina contra o sarampo está disponível na Tríplice Viral – que protege contra o Sarampo, a Caxumba e a Rubéola – e na Tetra Viral – que protege contra o Sarampo, a Caxumba, a Rubéola e a Varicela.
A coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Amélia Maria P. da Silva, informa que o esquema vacinal vigente prevê duas doses de vacina para pessoas de 12 meses até 29 anos de idade, sendo uma dose da vacina Tríplice Viral aos 12 meses de idade e uma dose da vacina Tetra Viral aos 15 meses de idade – até 29 anos o indivíduo deverá ter duas doses. Uma dose da vacina tríplice viral também está indicada para pessoas de 30 a 59 anos de idade. Os profissionais de saúde, independentemente da situação vacinal, deverão ter 2 doses.
A vacina contra o sarampo está disponível em 15 Unidades Básicas de Saúde e na sede da Vigilância Epidemiológica, que fica na Av. Ana Carolina de Barros Levi, 650. O atendimento ocorre de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h e das 12h30 às 16h. Neste sábado (3), haverá Plantão de Vacinação na UBS Graminha, que estará aberta das 8h às 12h. A UBS fica na Rua Luiz Pereira do Prado, 156.


SOBRE O SARAMPO

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral e que pode evoluir de forma grave. A transmissão ocorre por meio de secreções expelidas ao tossir, espirrar, falar ou respirar. Por isso, é elevado o poder de contágio da doença.
A enfermidade caracteriza-se principalmente por febre alta, acima de 38,5°C, manchas vermelhas, que surgem primeiro no rosto e atrás das orelhas, e, em seguida, se espalham pelo corpo, tosse, coriza, conjuntivite e manchas de Koplik (pequenos pontos brancos que aparecem na mucosa bucal, antecedendo ao exantema). A vacinação é a única maneira de prevenir a doença.

SEM COMENTÁRIOS