Governo do Estado pagará R$ 72 milhões de bônus a 67,4 mil...

Governo do Estado pagará R$ 72 milhões de bônus a 67,4 mil policiais

83
0
COMPARTILHAR

O pagamento da bonificação deverá ocorrer na próxima quarta-feira, dia 31 de julho, para policiais civis, militares e técnico-científicos

O Governador João Doria e o Secretário da Segurança Pública, General João Camilo Pires de Campos, anunciaram nesta sexta-feira (26) que 67.423 policiais civis, militares e técnico-científicos receberão bonificação por resultado referente ao quarto trimestre de 2018. No total, o valor chega a R$ 72 milhões e deve ser pago na próxima quarta-feira (31).

“Esse programa de bonificação estimula e faz com que o profissional vá ao encontro desses resultados. Com isso, nós fechamos 2018 e iniciamos o planejamento para o pagamento do primeiro trimestre e do segundo trimestre de 2019”, afirmou o secretário.

Serão beneficiados policiais que atuam em áreas em que houve redução dos índices de vítimas de letalidade violenta (homicídio doloso e latrocínio), roubo e furto de veículo, além de roubo em geral no trimestre. Ao todo, serão favorecidos com a bonificação 48.974 policiais militares, 16.164 civis e 2.285 técnico-científicos.

Foram pagos 963.728 bônus (mais de R$ 1 bilhão) desde 2014, quando o programa foi criado com objetivo para premiar o esforço dos policiais na redução de crimes.

Estatísticas de criminalidade

Durante o evento, o governador e o secretário também destacaram o resultado dos indicadores de criminalidade do Estado de São Paulo no primeiro semestre deste ano. De janeiro a junho de 2019, foi registrado o menor número de casos e vítimas de homicídios dolosos e latrocínios para o período na série histórica, iniciada em 2001.

“Foi um conjunto de ações que refletiu nos melhores índices da história da segurança pública no Estado de São Paulo. A ação que permitiu a melhora em praticamente em todos os setores foi resultado de uma ação integrada, de bom comando e de um bom planejamento. E ações preventivas também, porque a inteligência da Polícia hoje é praticada diariamente”, disse Doria.

Com recuo de 6,9%, os casos de homicídios dolosos passaram de 1.495 para 1.392, se comparado os primeiros seis meses de 2018 com igual período de 2019. O número de vítimas do crime reduziu 6,8%, com 107 casos a menos (de 1.570 para 1.463).

As taxas dos últimos 12 meses (de julho de 2018 a junho de 2019) caíram para 6,42 casos e 6,77 vítimas de homicídios dolosos a cada grupo de 100 mil habitantes do Estado. Os índices são os menores já contabilizados pela série história no período.

Os latrocínios também reduziram de janeiro a junho deste ano. Os casos recuaram 36,3%, com 86 ocorrências registradas nos seis primeiros meses de 2019, contra 135 em igual período de 2018. A queda se estendeu para o número de vítimas, que reduziu 35,3% (de 139 para 90). As quantidades são as menores já registradas pela série histórica no período.

SEM COMENTÁRIOS