Escolas de SP terão postos de vacinação para combater sarampo

Escolas de SP terão postos de vacinação para combater sarampo

117
0
COMPARTILHAR
Por Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil

Para tentar conter o aumento no número de casos de sarampo em São Paulo, a prefeitura paulistana e a Secretaria Estadual de Educação vão iniciar uma campanha de vacinação nas escolas públicas. A campanha terá início no dia 31 de julho, quando as escolas vão receber material de conscientização e servirão como postos de vacinação.

“A [Secretaria de] Educação está à disposição da Secretaria Municipal de Saúde. Iremos seguir o cronograma proposto e trabalharemos a conscientização de nossos estudantes e professores assim que as aulas retornarem. Também teremos postos de vacinação dentro das unidades”, disse Rossieli Soares, secretário estadual de educação.

O objetivo é vacinar jovens a partir de 15 anos, estudantes do Ensino Médio. Mas também haverá vacinação em universidades do estado a partir do dia 24 de julho, informou a secretaria.

Segundo a prefeitura de São Paulo, os primeiros casos de sarampo na cidade de São Paulo surgiram a partir de fevereiro, importados da Noruega, Malta e Israel. Desde então, a cidade já contabilizou 363 casos da doença, sendo que 226 deles foram registrados somente neste mês de julho. Em todo o estado paulista já foram registrados 484 casos de sarampo até este momento.

Devem tomar a vacina todos os jovens entre 15 e 29 anos, independente de vacinas tomadas durante a infância. A meta é vacinar 3 milhões de pessoas até o dia 16 de agosto. Embora representem aproximadamente 20% da população paulista, esses jovens respondem por cerca de metade dos casos registrados no estado.

O sarampo é uma doença contagiosa, transmitida por tosse, espirro, e tem como principais sintomas febre alta, coriza e olhos irritados.

SEM COMENTÁRIOS