“Corujão da Saúde” vai chegar a Limeira

“Corujão da Saúde” vai chegar a Limeira

1712
0
COMPARTILHAR
AME é um dos serviços que poderão oferecer os exames aos programa Foto: JB Anthero

Programa do governo do Estado pagará serviços para zerar filas de endoscopia, mamografia e ultrassonografia

O secretário municipal da Saúde, Vitor Santos, confirmou ontem que Limeira vai aderir ao programa “Corujão da Saúde”, do governo do Estado de São Paulo. Serão comprados exames de estabelecimentos que oferecem exames de endoscopia, mamografia e ultrassonografia com o objetivo de zerar a demanda reprimida. 

A ampliação do programa foi anunciada ontem pelo governador João Doria e o secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira, para dez regiões, incluindo Piracicaba, onde fica a DRS a qual Limeira pertence. 

A Saúde de Limeira informou à Gazeta que a demanda reprimida para endoscopia é, atualmente, de 633 exames. Na fila da mamografia, há 823 e, para ultrassonografia, o número é ainda maior: 3.702 exames. Como o objetivo do programa estadual é reduzir estas demandas, serão contratos serviços privados de saúde interessados em participar do programa, além de ampliar a oferta de atendimentos em serviços estaduais. 

O edital de chamamento público para os serviços privados de saúde interessados em participar do programa deve ser publicado em Diário Oficial deste sábado (15) e as propostas deverão ser apresentadas pelas organizações até 10 dias. O secretário Vitor Santos conta que, na próxima semana, a DRS deverá encaminhar todas as informações para que o Município credencie os serviços. “Levantaremos fornecedores interessados, mas o preço será o que o Estado vai pagar, provavelmente deverá seguir os valores da Tabela SUS”. 

Os exames serão realizados em horários alternativos, por meio da parceria com os parceiros privados, bem como da ampliação da oferta nos serviços da rede própria estadual – hospitais e AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades). Com esta oferta, a ideia é agilizar diagnósticos e tornar tratamentos mais eficientes. 

O governo do Estado informou que o programa começou nas regiões da Grande São Paulo, Campinas e Vale do Paraíba. Em abril, foi ampliado para as regiões da Baixada Santista, Bauru, Presidente Prudente e São José do Rio Preto.

Fonte: Gazeta de Limeira / Renata Reis

SEM COMENTÁRIOS