Home Local Agência dá início à fiscalização; consumidores buscam mais informações

Agência dá início à fiscalização; consumidores buscam mais informações

307
0

Teve início, nesta quinta-feira, a vistoria técnica feita pela agência reguladora Ares-PCJ. A informação foi adiantada, ontem, pela Prefeitura de Limeira. Esse trabalho atende a um requerimento do prefeito Mário Botion. Nesta manhã, sete locais foram vistoriados por funcionárias da agência – principalmente na região do Jardim Vista Alegre. Valas abertas, repavimentação com defeito e qualidade dos serviços estão entre pontos verificados. “Agora, vamos fazer o relatório para que as providências sejam tomadas pela concessionária. E, se for o caso, aplicar as penalidades, as quais podem ser advertência ou multa”, explica Carlos Roberto de Oliveira, diretor administrativo e financeiro da Ares-PCJ.

Sobre as queixas envolvendo as contas de água, ele revela que serão avaliados caso a caso. “As pessoas que não reconhecem o valor de suas faturas devem buscar o serviço da Ouvidoria”, diz. Os canais para registrar reclamação na agência reguladora são os seguintes: 0800-771-1445 e (19) 99954-2370. Mas antes de contatar a Ares-PCJ, o consumidor deve primeiramente registrar sua queixa na concessionária e depois informar o número do protocolo.

Segundo Oliveira, nos últimos 12 meses, a agência reguladora recebeu 33 reclamações. “Existe uma falta de conhecimento. Os consumidores não conhecem o trabalho da agência, pois não costumam ver o verso da conta”, cita. Lá, está o número da Ouvidoria. Depois que a prefeitura divulgou – por meio de sua assessoria de imprensa – os canais da Ares-PCJ, hoje muita gente entrou em contato. “Só que sem o número do protocolo não podemos fazer nada”, esclarece o diretor. As ações a serem adotadas pela agência vão depender do tipo de cada queixa.

Após a reclamação registrada, o órgão regulador tem até 10 dias para responder ao usuário. A Ouvidoria funciona de segunda à sexta-feira, das 8 às 17h30. Já pelo telefone celular (através do whatsapp) as queixas podem ser feitas em qualquer dia e horário.