Adolescente baleada por negar namoro tem morte cerebral

Adolescente baleada por negar namoro tem morte cerebral

499
0
COMPARTILHAR
Da reportagem | ACidadeON/Ribeirao

A Santa Casa de Barretos confirmou na tarde desta quinta-feira (3) a morte cerebral de Natasha Rodrigues, 14 anos, que foi baleada no pescoço e no tórax em Bebedouro. A família afirma que o suspeito é um jovem de 20 anos, com quem ela manteve um breve relacionamento. Ele teria atirado pois estaria inconformado por ela não querer namorá-lo.

A adolescente foi internada na tarde de sábado (29) na Santa Casa de Barretos e chegou a passar por cirurgia. Segundo o hospital, a morte foi confirmada no início da tarde e após ser informada, a família optou pela doação de órgãos. Ainda não foi definido o horário para a captação dos órgãos.

A SSP (Secretaria de Segurança Pública) informou que a Polícia Civil fez um pedido de prisão temporária na Justiça. O jovem ainda não foi localizado.

Entenda o caso

Thaís Soares, prima de Natasha, contou à EPTV que Natasha teve medo de contar para os pais que estava sendo ameaçada. “Ele queria ela de qualquer jeito e ela não queria mais. Ele ficou em cima dela e queria ela de tudo quanto é jeito. Ameaçou ela de morte, de matar a família dela, inclusive uma das mensagens ele fala que se ela não saísse ele a mataria na frente dos pais”.

Segundo a família, na tarde de sábado a menina tinha saído de casa quando foi atacada pelo homem, que atirou no pescoço e no abdômen da vítima. Ele fugiu correndo para um matagal e o celular dele foi encontrado em uma rua do bairro Jardim Claudia após ser rastreado. (Com EPTV)

SEM COMENTÁRIOS