Prefeitura lança campanha de prevenção à tuberculose

Prefeitura lança campanha de prevenção à tuberculose

190
1
COMPARTILHAR

A Prefeitura de Limeira, por meio da Secretaria de Saúde, inicia hoje (5) uma campanha de prevenção à tuberculose. Até o dia 23, todas as Unidades Básicas de Saúde farão coleta de amostra de escarro em todas as pessoas que apresentarem tosse há mais de duas semanas. Neste ano, foram notificados 61 novos casos de tuberculose no município.

Para a coleta do exame, não é necessário agendar consulta, basta procurar a equipe de enfermagem da unidade e apresentar RG e Cartão SUS. As amostras serão encaminhadas para análise no Centro Municipal de Patologia Clínica, conhecido como “Laboratório Municipal”. Paralelamente, as UBSs também irão desenvolver trabalho educativo junto aos pacientes, com distribuição de folhetos sobre o tema.

A tuberculose é uma doença infecciosa, causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis ou bacilo de Koch. A enfermidade afeta principalmente os pulmões, mas pode ocorrer em outros órgãos do corpo, como ossos, rins e meninges (membranas que envolvem o cérebro).
A transmissão se dá pela inalação de gotículas que contém os bacilos expelidos durante a tosse, fala ou espirro. O principal sintoma é a tosse, além de manifestações como dor no peito, febre baixa no fim do dia, emagrecimento, cansaço fácil, falta de apetite e sudorese à noite.

São quatro os medicamentos usados no tratamento doença: isoniazida, rifampicina, pirazinamida e etambutol. Toda a medicação está disponível gratuitamente na rede municipal.

O tratamento tem duração de seis meses, e por estender-se a um período prolongado, a Divisão de Vigilância Epidemiológica acompanha o paciente por todo esse tempo. A conduta, denominada “Tratamento Diretamente Observado”, segue as diretrizes do Programa Estadual de Controle da Tuberculose.

Segundo a chefe da Divisão, Amélia Maria P. da Silva, os pacientes que encontram-se muito debilitados e não apresentam condição de andar até uma unidade de saúde, recebem diariamente a visita de um técnico do departamento para administração do medicamento.

Conforme Amélia, o resultado desse trabalho apresenta bons resultados. O índice de cura da tuberculose em Limeira foi de 76% em 2017, enquanto a média nacional no mesmo período situou-se em 73%.

1 Comentário

Comments are closed.