Home Saúde USP identifica bactérias da Antártica capazes de impedir desenvolvimento de cânceres

USP identifica bactérias da Antártica capazes de impedir desenvolvimento de cânceres

257
0

Uma pesquisa da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq/USP), campus de Piracicaba (SP), identificou compostos anticancerígenos em bactérias encontradas em gramíneas da Antártica. Segundo o estudo, os compostos se mostraram capazes de impedir o desenvolvimento de tumores como o glioma (cerebral), de mama, próstata e outros seis tipos de câncer.

A descoberta é o primeiro passo para o desenvolvimento de novos medicamentos para combater a doença.

O estudo foi desenvolvido pelo pesquisador Leonardo José Silva no Programa de Pós-graduação em microbiologia Agrícola da Esalq. A linha de pesquisa busca espécies vegetais que resistam a ambientes extremos, como as plantas que sobrevivem a altas ou baixas temperaturas.