Papa expulsa da Igreja outros dois bispos chilenos por abusos sexuais

Papa expulsa da Igreja outros dois bispos chilenos por abusos sexuais

141
1
COMPARTILHAR

O Papa Francisco excomungou dois bispos chilenos da Igreja por ligação com “abusos de menores”, anunciou o Vaticano neste sábado (13), após o pontífice ter recebido o presidente chileno, Sebastián Piñera, em audiência privada.

Os bispos Francisco José Cox Huneeis, arcebispo emérito de La Serena, e Marco Antonio Ordenes Fernández, arcebispo emérito de Iquique, foram excomungou “como resultado de atos manifestos de abuso de menores”, afirmou a Santa Sé em um comunicado.

A nota afirma que as evidências descartam a necessidade de um julgamento e que a decisão do Papa é definitiva e não está aberta a recurso.

A excomunhão significa que os bispos tiveram seu status reduzido ao laico e que eles foram expulsos do sacerdócio. Trata-se da punição mais severa que a Igreja pode infligir a um membro do clero.

Tal ação foi raramente tomada contra os bispos. Até agora, durante o papado de Francisco, o Vaticano apenas emitia uma declaração de uma única linha dizendo que a renúncia de um membro do clero foi aceita, sem dar mais explicações.

A mudança na linguagem e o detalhamento da nota podem sinalizar um novo grau de transparência por parte do Vaticano. Segundo o porta-voz Greg Burke, há uma nova tendência na maneira como serão anunciados os resultados de investigações de bispos acusados de abuso.

Fonte: G1

1 Comentário

Comments are closed.