Home Local Botion decreta intervenção na Limeirense e greve chega ao fim

Botion decreta intervenção na Limeirense e greve chega ao fim

410
0

Um decreto assinado pelo prefeito Mario Botion na noite de sexta-feira (14) e publicado em edição extra do Jornal Oficial do Município deste sábado (15) determinou em caráter imediato a intervenção da Prefeitura de Limeira na empresa Viação Limeirense, atualmente única concessionária do transporte coletivo de Limeira.

A medida adotada com toda celeridade que o caso exigia após greve que paralisou os serviços de transporte público na sexta-feira garantiu que o serviço fosse restabelecido na cidade já nas primeiras horas deste sábado. Ônibus começaram a deixar a garagem da Viação Limeirense por volta das 8h30 de hoje.

Outro motivo que levou a intervenção foi a falta de acesso ao banco de dados do Sistema Integrado de Transportes, mesmo após decisão judicial que obrigava a abertura das informações.

“A falta de banco de dados e a greve de sexta-feira nos obrigou a tomar a decisão de intervenção para preservar o transporte coletivo e garantir o pleno atendimento aos usuários de ônibus e também o direito dos trabalhadores”, explicou Botion.

Para tanto, não faltou empenho em nenhum momento da administração municipal. Por volta das 3h45 desta madrugada, o interventor indicado pelo prefeito e os secretários municipais Francisco Alves da Silva (Segurança Pública) e Daniel de Campos (Assuntos Jurídicos) estiveram na sede da Viação Limeirense para oficializarem a intervenção.

O ato da intervenção apresenta alguns elementos essenciais para tranquilizar a população usuária do serviço:

1-) A Prefeitura de Limeira, na condição de interventora, assumirá as funções administrativa, financeira e operacional da empresa.

2-) A intervenção ocorrerá durante 60 dias, podendo ser prorrogada sucessivamente pelo mesmo período. Com isso, o início das operações da JPT, empresa contratada emergencialmente para atuar em 70% dos serviços, fica suspenso.

HISTÓRICO

Desde 2 de janeiro, a Administração Municipal está empenhada em resolver questões envolvendo o transporte coletivo da cidade. Para tanto, o prefeito Mario Botion determinou por meio de decreto a criação de uma comissão interna para discutir o tema.

Um dos focos do trabalho do grupo e que também envolveu o prefeito em inúmeras reuniões era justamente o vencimento do contrato de 70% dos serviços entre a Viação Limeirense e a Prefeitura de Limeira, previsto para ocorrer neste dia 16 (domingo).

Ao longo desses três meses e meio, várias reuniões foram feitas objetivando a elaboração de um contrato emergencial e em paralelo a abertura de licitação para o serviço. Porém, a Limeirense não concordou. Nova prorrogação do ônibus foi descartada.