Home Segurança Polícia investiga suspeito de aplicar golpes em mulheres de Limeira

Polícia investiga suspeito de aplicar golpes em mulheres de Limeira

655
0

Do G1 Piracicaba e Região

 A Polícia Civil de Limeira (SP) investiga se um homem de 57 anos é o responsável por golpes aplicados em mulheres da cidade. Contra ele há pelo menos sete queixas de estelionato registradas na delegacia. Nos depoimentos, as vítimas contaram histórias semelhantes. Todas o conheceram pela internet, começaram a namorar e investiram dinheiro em um négócio falso que deu prejuízos de até R$ 480 mil.

À EPTV, o suspeito negou as acusações e disse que pode comprovar, por meio de documentos, que as mulheres envolvidas foram pagas nas transações.

Uma mulher que não quis se identificar disse que conheceu o suposto estelionatário há 2 anos, em um site de relacionamentos. Dois meses após iniciar o namoro, o homem ofereceu a ela uma “sociedade rentável’ em um negócio de revenda de ouro. O pai da vítima tambám aceitou investir, segundo o relato.

R$ 480 mil
Ela disse que chegou a receber uma quantia no início, o que a levou a injetar mais dinheiro na sociedade. Mas após uma briga em outubro passado ela não recuperou nada do investimento, que chegou a R$ 480 mil, distribuídos em 18 saques. O caso foi registrado em boletim de ocorrência da polícia.

“Ele vendia ouro para banhar bijouterias”, disse a moça que pede anonimato. “Eu não tinha dinheiro guardado. Eu tinha um imóvel, que vendi. Quando cobrei ele nunca falou não, nunca fala que não vai devolver. Ele fala que já pagou e que não deve nada “, complementou.

Ameaça
Outras duas mulheres confirmaram à EPTV que deram dinheiro aos mesmo homem, mas não gravaram entrevistas por medo. Elas disseram que estão sendo ameaçadas por meio de um aplicativo de mensagens no celular.

Um dos textos cita que a vítima “vai perder a paz”  e que “ele sabe onde ela mora”. O inquérito policial tem também cópias de cheques sem fundos devolvidos, nos valores de R$ 25 mil, R$ 37 mil e R$ 40 mil. Há ainda um queixa formal contra a filha do investigado, por suposta colaboração nos golpes.

Polícia
A Polícia Civil confirma que existem pelo menos 7 queixas contra o homem envolvido. No entanto, ressalta que a investigação está na fase de depoimentos. O suspeito já prestou depoimento na delegacia e negou as acusações.

Outro lado
À produção da EPTV, o suspeito negou as irregularidades e garantiu que pode provar, por meio de documentos, como depósitos bancários e recibos, que todas as mullheres foram pagas nas transações.